Qual o melhor tipo de palmar?

Qual o melhor palmar? Esta pergunta explode nas nossas caixas de mensagens, e até faz sentido. Antes de escrever este artigo, consultei uma das melhores lojas de materiais de natação do Brasil, e lá existem 21 modelos de palmares de oito marcas diferentes.
Com tantos modelos, marcas, cores, tamanhos, a dúvida só aumenta. Para isso, vamos aqui tentar ajudar a você chegar à resposta adequada.
Primeiro, um pequeno ajuste: “qual o melhor palmar para mim?”.
Esta especificidade vai ficar mais clara quando você compreende o valor imenso que o palmar pode produzir na sua natação.
Pouca gente sabe, mas Benjamin Franklin, herói histórico da formação dos Estados Unidos, além de sua atuação como político também era um grande inventor e nadador. Entre as suas invenções estão o pé de pato e o palmar.
É lógico que o palmar sofreu (e ainda sofre) inúmeras adaptações e ajustes no desenvolvimento da natação, mas segue com os mesmos propósitos. Um bom trabalho de palmar incrementa a força do nadador, além de permitir um posicionamento adequado da braçada.
Um mesmo acessório é capaz de deixar você “mais forte” na água e nadar “de forma mais técnica”.  Para que se alcance estes dois propósitos, abaixo relacionamos alguns pontos para você encontrar o palmar adequado:
Tamanho
É um dos fatores mais importantes. O tamanho do palmar deve ser de acordo com o tamanho da mão e a força do nadador. Quem não respeitar esta primeira demanda corre dois riscos: o de não alcançar a técnica adequada, e o pior, causar uma lesão.
Idade
Não existe uma idade determinada onde o palmar deve ser aplicado – até porque você pode encontrar um nadador de 12 anos de idade com técnica perfeita usando um palmar pequeno, funcionando perfeitamente, e outro de 16 anos com técnica totalmente incorreta, onde o palmar só vai piorar o seu nado.
Muitos treinadores usam palmares nas equipes de base (petiz), em busca da técnica, com modelos pequenos e em trabalhos moderados – o que funciona perfeitamente.
Técnica
Não é recomendável você aplicar o uso do palmar em um nadador que ainda não tenha a sua técnica minimamente adequada. Este fator é subjetivo, mas vai depender de uma análise do treinador ou professor que identificará o momento adequado para o uso do acessório.
Modelo
A variedade de modelos oferece uma oportunidade de descoberta. É importante você determinar que tipo de trabalho está em busca de desenvolver e encontrar o modelo que seja apropriado para o seu nado.
Aqui uma relação bem simples: nadadores mais avançados têm capacidade de nadar com palmares maiores, e vice-versa.
 
Palmar é um acessório como qualquer outro. Seu uso adequado sempre será uma boa contribuição para o seu treinamento, seja na força como na técnica como descrevemos acima. Mas não esqueça que a especificidade do nado não pode ser perdida. Ou seja: use o palmar como acessório, mas saiba que o nado completo e limpo sempre deverá ser o principal trabalho do seu treinamento.
Boas braçadas!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Postagem anterior
Próxima postagem

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *