Hora de torcer para as Paralimpíadas!

Um dos efeitos diretos de uma Olimpíada é o aumento quase que imediato de praticantes e alunos das escolinhas esportivas. É o “surfar na onda”, aproveitando a chegada do surfe ao movimento olímpico.
Ontem, dia 24 de agosto, começou a Paralimpíada de Tóquio, um dos eventos mais inspiradores e relevantes do mundo esportivo.
O Grupo Thiago Pereira se orgulha de ter sido o primeiro da América Latina a realizar clínicas e competições de natação reunindo atletas paralímpicos e convencionais no mesmo evento, sem qualquer distinção.
Assim, hoje vamos dar algumas dicas de como você pode (e deve) acompanhar a Paralimpíada de Tóquio: 
#1 A competição de natação da Paralimpíada vai de 24 de agosto a 5 de setembro e terá 146 provas, num total de 620 nadadores.
#2 O Brasil terá um total de 260 atletas, sendo 35 da natação. É nossa maior delegação para uma Paralimpíada feita fora do Brasil.
#3 Dos 35 nadadores do Brasil em Tóquio, oito fizeram parte do Thiago Pereira Swim Camp.
#4 As provas são divididas por classes e tipos de deficiência, com isso dando um equilíbrio mais justo para as disputas. As classes são divididas em três grupos de deficiência: física, visual e intelectual; e separadas por número que indicam o grau da respectiva deficiência.
#5 O primeiro grupo é para a deficiência física, e vai dos números de 1 a 10, sendo o número 1 o de maiores restrições.
#6 Depois a deficiência visual, números 11 a 13, novamente sendo o mais baixo com maior grau de intensidade da deficiência visual.
#7 E por fim a deficiência intelectual, o número 14, onde estão inclusos atletas que apresentam algum tipo de deficiência devidamente apontados em exames clínicos.
#8 Assim, quando você assistir as provas de natação na paralimpíada, você vai ver a letra “S” de “swimming” acompanhada dos números que explicamos acima:
Classes:

S1, S2, S3, S4, S5, S6, S7, S8, S9, S10 – Deficiência física
S11, S12, S13 – Deficiência visual
S14 – Deficiência intelectual

#9 As provas de peito e medley também têm classificações específicas. Por conta dos movimentos distintos, existe uma classe diferenciada para estas provas. Quando você assistir às provas de peito, você verá as classes SB + o número, e no medley SM + o número.
#10 Pode parecer confuso, mas foi a melhor maneira de deixar o esporte justo e adequado reunindo pessoas com as mesmas condições para poder competir em igualdade.
Agora é torcer muito por nossa seleção. Pode anotar, é medalha todo dia!

Postagem anterior
Próxima postagem

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *