Conciliar escola, treino e competição

No Brasil, infelizmente, ainda não temos uma política pública esportiva de alto rendimento nas escolas e universidades, o que dificulta a vida dos atletas no início de sua caminhada.  E não foi diferente com o Thiago, que começou sua trajetória aos doze anos, à época cursando a sexta série do ensino fundamental.
Em Volta Redonda (RJ), sua cidade natal, ele estudava no Colégio Novo, escola onde eu e minha mãe (a vovó Carminha) trabalhávamos – o que facilitava o acompanhamento escolar no dia a dia. Nós duas fomos suas professoras, eu de Educação Física, e sua avó de português e literatura.
Quando surgiu a grande oportunidade de treinar no Minas Tênis Clube, em Belo Horizonte, ele teve de deixar para trás o conforto do lar, a tranquilidade da escola e do clube da cidade (o Clube dos Funcionários da CSN), além de uma grande legião de amigos, para se aventurar na capital mineira.
As mudanças foram drásticas:
  • Morar em uma república
  • Adotar um novo treinamento 
  • Frequentar uma nova escola 
  • Fazer novos amigos
  • Enfim, muitos novos desafios 
A adaptação aos treinamentos foi muita rápida, e os resultados vieram numa avalanche de coisas boas.
Entretanto, algumas dificuldades de adaptação escolar nos levaram a trocá-lo de escola por três vezes.
Mas foi no Colégio Padre Machado, em BH, onde encontramos o carinho, a torcida, o apoio e a compreensão de professores, pedagogos e direção. Isso foi fundamental para conciliar os longos períodos de ausência para treinamento, aclimatação e competições no Brasil e no exterior.
Buscar a conciliação entre ambas as rotinas é sempre o melhor caminho, e a melhor forma de fazer isso é conversando e testando opções diferentes.
Sempre estive ao seu lado apoiando qualquer decisão que tomasse, pois tinha convicção que a natação lhe traria valores, experiência, resiliência, relacionamentos e, principalmente, determinação para conquistar as metas e objetivos que, para muitos de nós, seriam inatingíveis.
“O lugar do Thiago é onde ele quiser!”

Postagem anterior
Próxima postagem

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *